Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Perdida por Lisboa

A capital vista pelos olhos de uma açoriana...

Perdida por Lisboa

25
Mar17

10 coisas para fazer sozinho em Lisboa

NNC

long-hair-portug-quiet-river.jpg

 

Sou fã do ditado popular “antes só que mal acompanhado” por isso decidi criar uma lista com atividades para fazer em Lisboa quando estiver sem companhia. Parta a aventura e descubra sem medos a capital, tenho a certeza que mesmo a sós não se vai sentir sozinho.

 

1 – Fazer um curso de cozinha

Se gosta de cozinhar ou gostaria de aprender a fazê-lo aproveite e faça um curso de cozinha sozinho. Além de estar mais concentrado na aula, também pode ser o sítio ideal para conhecer pessoas com os mesmos interesses que os seus e quem sabe trocar ideias.

Destaco duas escolas pela qualidade/ preço e também pela variedade de cursos: Academia Vaqueiro (Largo Monterroio de Mascarenhas) e Academia Time Out (Mercado da Ribeira, Cais do Sodré)

 

2 – Tomar o pequeno-almoço e ler o jornal num café de esquina

Esta é das minhas atividades preferidas para fazer sozinha. Tão simples, mas que dá imenso prazer. Levantar e vestir qualquer coisinha, ir até ao café mais próximo beber uma meia de leite, comer uma torrada enquanto leio o jornal e vejo os avós da minha zona a fazerem o mesmo, mas com a serenidade de quem já não tem a pressa de viver dos jovens.

 

3 – Correr

Ao contrário da opção anterior, esta é das que eu menos gosto. Mas para quem gosta de correr (eu prefiro caminhar… e é pouquinho) é uma das melhores opções para ocupar o tempo quando não tem companhia. E Lisboa tem sítios fantásticos para fazer exercício ao ar livre. Monsanto, Belém e Marginal, são apenas alguns exemplos das dezenas de locais onde pode correr enquanto aprecia a vista.

 

4 – Festas para solteiros

drink-party-club-night-night-club-woman-dance.jpg

 

Este é o programa ideal para quem ainda não encontrou a sua cara-metade. A Speed Party organiza várias vezes ao ano festas para solteiros. A próxima é dia 29 de abril no Hotel Mundial (Praça do Martim Moniz). O encontro começa com uma welcome drink às 21h30 e com uma atividade que fará os participantes descomprimirem para o verdadeiro evento. O objetivo é conhecer entre 10 a 18 pessoas do sexo oposto e conversar com elas durante 4 minutos. No fim dos encontros pode decidir se quer ou não manter o contacto com algum dos outros participantes. Há duas sessões de speed dating disponíveis. Uma para pessoas dos 24 aos 35 anos e outra para idades entre os 35 e os 40. O evento tem um número limitado de lugares por isso se tiver interesse o melhor é inscrever-se antes através do site Speed Party. Os homens entre os 24 e os 35 anos pagam 29 euros, as mulheres 25. Se tiver entre 35 e 40 anos o valor é de 27 euros para os dois sexos.

 

5 – Visitar Museus
Verdade seja dita, quando vai acompanhado a museus, não presta tanta atenção como se fosse sozinho, há sempre troca de palavras ou alguma distração. Por isso aproveite a oportunidade e conheça alguns dos museus de Lisboaalone! O novo Museu do Coche e o MAAT são boas opções. Mas há mais de 50 museus na capital à espera de uma visita. No site da Câmara Municipal de Lisboa tem mais informações para que possa escolher o mais adequado aos seus gostos. E a melhor notícia de todas é que aos domingos e feriados, até às 14h00, as entradas são gratuitas!

 

6 – Aulas de dança

Adoro dançar e apesar de ter um bocadinho de vergonha, já fui balançar um pouco ao B.leza onde ensinam a dançar kizomba todos os domingos (já escrevi sobre este espaço aqui). Se gosta de ritmos africanos, mas prefere outro dia da semana, pode sempre optar pelo Barrio Latino, em Santos. Para os amantes do tango todas as quartas-feiras há milongas num local diferente de Lisboa que é anunciado na página de Facebook Tango na Rua. Em nenhum destes casos precisa levar par, basta levar descontração e algum ritmo.

 

7 – Relaxar num Spa

Está a precisar de relaxar não é? De descansar, tirar aquelas dores nos ombros, o peso das pernas. Mesmo que não esteja, todas as desculpas são boas para cuidarmos de nós próprios. E agora, com a ajuda da MyGon, temos a possibilidade de fazer isso tudo e muito mais a preços bastante apelativos. Basta clicar na categoria Spa e Massagens e ver selecionar a melhor opção para si. Eu aconselho a Massagem Especial de Relaxamento no corpo inteiro com pedras quentes e óleos essenciais no Float in Spa, em Picoas. Se reservar através da MyGon tem um desconto de 30%.

 

8 – Mais vale vinho que mal acompanhado

waiter-pouring-wine-from-bottle-into-wineglass.jpg

 

Sabia que há uma sala de provas de vinho em Lisboa? Eu descobri este segredo há pouco tempo e fiquei maravilhada! Chama-se Vini Portugal, fica na Rua Mouzinho da Silveira, e pode ir lá experimentar vinhos a preços muito convidativos. À entrada compra um cartão que pode carregar com dinheiro e usá-lo numa máquina que serve vinhos portugueses a partir dos 0.50€ ao copo. Tenha é cuidado para não se enfrascar pois vai ter de encontrar o caminho para casa sozinho.

 

9 – Comprar na Feira

A mais conhecida é a Feira da Ladra. Aqui tudo se compra e se vende e o melhor é estar sozinho para não perder ‘aquele negócio’. Realiza-se no Campo de Santa Clara todas as terças e sábados. Já a Feira das Almas é uma feira alternativa e gratuita onde lado a lado convivem designers de moda e vendedores vintage. Realiza-se no primeiro sábado do mês numa antiga fábrica de vidro, nos Anjos.

 

10 – Ver aquele filme que mais ninguém quer ver

Se quer ver a 'Bela e o Monstro' e ninguém quer ir consigo, ou se prefere filmes mais alternativos que passam na Cinemateca ou no Monumental mas não arranja companhia, não se acanhe. Vá ao cinema sozinho! Vai ver que ainda sai a ganhar, é que assim não tem de dividir as pipocas.

2 comentários

Comentar post

Quem é a 'Perdida'?

Perdida nas redes

Perdida no Facebook

Perdida na Zomato

Vê a minha história gastronómica na Zomato!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Follow