Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Perdida por Lisboa

A capital vista pelos olhos de uma açoriana...

Perdida por Lisboa

08
Abr17

Canyoning: é proibido ter vertigens!

NNC

14011851_1748876312059406_135422109_n (1).jpg

 

Apesar de não ser muito adepta de alturas e de desportos radicais, tinha curiosidade de experimentar canyoning há algum tempo. O ano passado, durante as férias de verão na "minha" paradisíaca ilha das Flores, nos Açores, decidi que era a altura de ultrapassar os meus medos e colocar a minha coragem à prova.

 

Fiz um dos percursos mais fáceis, tremi um pouco, tive receio, mas graças ao fantástico trabalho do Marco, da WestCanyon Turismo e Aventura, consegui ultrapassar as barreiras. Foi uma experiência arrebatadora, cheia de slides, descidas a pique, escorregas que nasceram na própria natureza e mergulhos numa ribeira rodeada de árvores, arbustos e ar puro.

 

Ainda com a adrenalina a correr nas veias e com as pernas a tremer, decidi que no próximo verão voltaria a repetir esta arrebatadora experiência da qual podem ver alguns momentos no vídeo abaixo:

 

 

 

Canyoning na ilha das cascatas

A ilha das Flores concentra a maioria dos percursos de canyoning dos Açores (40 em 100) e a maior diversidade de percursos, desde grandes verticais (cascatas) a percursos simples. 

 

Em 2016, esta ilha recebeu, pela segunda vez em poucos anos, um encontro internacional de praticantes de canyoning que contou com 220 praticantes autónomos e experientes, oriundos dos mais diversos países do mundo. 

 

Com estes dados facilmente conclui que esta ilha perdida no meio do oceano é dos melhores locais de Portugal para praticar (ou experimentar) canyoning. Já me disseram que na ilha de São Jorge, também nos Açores, no Gerês e na Madeira também há bons 'spots'.

 

Mas puxando mais uma vez a "brasa à minha sardinha", aposto que nenhum destes locais, por mais bonitos que sejam, tenham um percurso de canyoning que começa numa ribeira, passa por uma cascata e termina no mar. O canyoning da Barrosa, nas Flores, é com certeza um dos mais bonitos e emocionantes de Portugal. Ora vejam:

 

 

 

Mas e o que é o Canyoning?

É uma atividade desportiva e de lazer, com algum risco, muita adrenalina e algumas vertigens. Consiste na descida de cursos de água com fortes declives, como rios ou cascatas, utilizando cordas e recorrendo a saltos para transpor obstáculos, utilizando equipamento adequado, material de segurança e uma grande dose de coragem. Esta é uma atividade que à partida garante emoções fortes e momentos inesquecíveis. Além de ser brindado com paisagens luxuriantes e com piscinas naturais límpidas nas quais poderá nadar e desfrutar da natureza que o rodeia.

Se quer saber mais sobre esta prática e ver mais fotos brutais desta modalidade pode consultar aqui o artigo que escrevi para a revista Sexta do Correio da Manhã

 



Quem é a 'Perdida'?

foto do autor

Perdida nas redes

Perdida no Facebook

Perdida na Zomato

Vê a minha história gastronómica na Zomato!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Follow