Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Perdida por Lisboa

A capital vista pelos olhos de uma açoriana...

Perdida por Lisboa

17
Mai19

10 museus que tens mesmo de visitar em Lisboa

60343473_551764255230663_460628718440677376_n.jpg

 

Tenho de confessar que nunca fui muito de museus. Não por achar uma seca, mas porque adoro ar livre nos dias de sol e ronha nos dias de chuva. Parece que nunca encontro o dia ideal para uma visita. Contudo, agora ando mais atenta às atividades culturais da nossa Lisboa e quero partilhar contigo esta (re)descoberta.

 

Este sábado, dia 18 de maio, comemora-se o Dia dos Museus e há atividades giras um pouco por todos eles. Mas não te preocupes se não conseguires visitar todos neste dia. Na maioria destes museus, as entradas aos domingos são gratuitas.

 

MATT

O Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia é um dos museus mais recentes de Lisboa e um dos mais visitados da cidade. No seu interior cruza três áreas: descoberta, pensamento crítico e diálogo internacional; No seu exterior são milhares os que por lá passam para observar a beleza do edifício e a vista para o rio.

Preço: Grátis no primeiro domingo de cada mês. Nos outros dias o bilhete custa entre 5€ e 9€

Horários: Aberto das 11h00 às 19h00 todos os dias menos à terça-feira

Morada: Avenida Brasília, Belém

 

Museu do Fado

fado

 

Aqui celebra-se o valor excecional do Fado como símbolo identificador da cidade de Lisboa, assim como o seu enraizamento profundo na tradição e história cultural do país.

Preço: Grátis dia 18 de maio, domingos e feriados de manhã. Restantes dias: 5€. Descontos aqui

Horários: De terça-feira a domingo, das 10h00 às 18h00

Morada: Largo do Chafariz de Dentro, Alfama

 

Museu da Água 

Conjunto de monumentos e edifícios, construídos entre os séculos XVIII e XIX, que representam um importante capítulo da história do abastecimento de água à cidade de Lisboa. Além das exposições, a visita inclui uma passagem pelo Aqueduto das Águas Livres, pelo reservatório da Mãe d’Água das Amoreiras, pelas galerias subterrâneas do Aqueduto e ainda pela Estação Elevatória a Vapor dos Barbadinhos.

Preço: Grátis no dia 18 de maio e no 1.º domingo de cada mês. Clica aqui para ver os preços

Horários: Todos os dias das 10h às 17h30

Morada: Rua do Alviela, 12, Santa Apolónia

 

Museu do Dinheiro 

Aqui vais fazer uma viagem pela história do dinheiro desde o seu aparecimento até aos nossos dias. Há atividades interativas e vários objetos nos quais podes tocar e agarrar, como uma barra de ouro. Só não vale levar! O que poderás levar de recordação é uma moeda ou nota com a tua cara.

Preço: Entrada livre

Horários: Aberto de quarta-feira a domingo das 10h00 às 18h00

Morada: Antiga Igreja de S. Julião, Largo de S.Julião, na Baixa-Chiado

 

Fundação Calouste Gulbenkian

Além de desenvolver várias atividades no campo da cultura, do ensino e da investigação científica, esta fundação alberga o Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão, uma biblioteca de arte e um museu onde poderás ver várias exposições permanentes, mas também exposições temporárias. Uma das mais interessantes dos últimos tempos está patente até dia 10 de junho – ‘Cérebro mais vasto que o céu’. Depois da visita ao museu, aproveita para passear pelos lindos jardins da instituição, sobre os quais já te falei aqui.

Preço: Entrada gratuita aos domingos a partir das 14h00. Vê os preços dos restantes dias aqui

Horários: De quarta a segunda-feira das 10h00 às 18h00

Morada: Avenida de Berna, 45ª, Praça de Espanha

 

Museu Nacional de História Natural e da Ciência

antropologia.jpg

 

Inclui espaços repletos de ciência e de história como é o caso do Laboratório Chimico, o Observatório Astronómico e o antigo Picadeiro do Colégio dos Nobres. Aqui vais encontrar diversas exposições e um largo conjunto de atividades que visam estimular a curiosidade e compreensão sobre a Natureza e a Ciência. Além disso o museu tem também um dos jardins mais bonitos de Lisboa, o Jardim Botânico. Até dia 19 de maio podes ver a World Press Photo neste museu.

Preço: Museu – 5 €; Museu + Jardim Botânico – 6 €; Jardim Botânico - 3€. Descontos para estudantes e seniores. Gratuito até aos 6 anos

Horários: De terça a sexta das 10h00 às 17h00, sábado e domingo das 11h00 às 18h00 / Jardim Botânico – De segunda a domingo das 9h00 às 20h00

Morada: Rua da Escola Politécnica, Príncipe Real

 

Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado

Este museu tem o maior acervo de arte contemporânea portuguesa. Aqui podes percorrer as mais belas obras de arte da história do nosso país. Conta com uma exposição permanente e várias exposições temporárias. Além das obras em exposição, a arquitetura do edifício que as alberga também é admirável.

Preço: Grátis dia 18 de maio e todos os domingos e feriados de manhã. Restantes dias: 4.5€

Horários: Aberto de terça-feira a domingo, das 10h00 às 18h00

Morada: Rua Serpa Pinto, Chiado

 

Museu Nacional Nacional do Teatro e da Dança

Aqui podes passear pelas memórias da história do espetáculo em Portugal. O museu está instalado no Palácio Monteiro-Mor, um edifício do século XVIII, e alberga mais de 250 mil peças, entre trajes e adereços de cena, cenários, figurinhos, discos, partituras, e ainda 120 mil fotografias.

Preço: Entrada gratuita dia 18 de maio e todos os domingos de manhã. Restantes dias: 4€

Horários: Aberto de terça-feira a domingo, das 10h00 às 18h00

Morada: Estrada do Lumiar, n.º10

 

Museu Fundação Oriente

Aqui podes visitar várias coleções de arte que demonstram não só as fortes ligações entre o Ocidente e o Oriente, como revisitar encontros históricos entre Portugal e a Ásia.

Preço: Grátis dia 18 de maio, aos domingos e às sextas das 18h00 às 22h00. Preços aqui

Horários: Aberto de terça-feira a domingo, das 10h00 às 18h00. Às sextas-feiras encerra às 22h00

Morada: Avenida Brasília, Doca de Alcântara

 

Museu da Marioneta

Está instalado no Convento das Bernardas e conta a história da marioneta e a difusão do teatro de marionetas, não só da portuguesa, mas dos diferentes tipos de marionetas espalhados pelo mundo.

Preço: Gratuito dia 18 de maio e todos os domingos de manhã. Restantes dias: 5€

Horários: De terça-feira a domingo das 10h00 às 18h00

Morada: Rua da Esperança, Santos

 

Este é o meu top 10, mas Lisboa tem muitos mais museus onde vale a pena dar um saltinho. Já agora, qual é o teu preferido?

2 comentários

Comentar post

Quem é a 'Perdida'?

Perdida nas redes

Perdida no Facebook

Perdida na Zomato

Vê a minha história gastronómica na Zomato!

Perdida pelo Instagram

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.