Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Perdida por Lisboa

A capital vista pelos olhos de uma açoriana...

Perdida por Lisboa

04
Jul18

Eleven, refeições de luxo a partir dos 28 euros

 

Desde que comecei a levar mais a sério essa coisa de ser foodie que desejava jantar no Eleven. A visita teimava em ser adiada por ter medo de passar o resto do mês a pão e água. A semana passada concretizei este ‘sonho gastronómico’, a convite da Zomato, e descobri que afinal há menus de luxo a um preço bastante acessível neste que é um dos restaurantes mais exclusivos de Lisboa e com estrela Michelin.

 

Ao chegar ao restaurante, que nasceu em 2004, o que mais me chamou a atenção foi o contraste entre majestosa vista sobre a cidade e o discreto espaço que envolve o Eleven, localizado mesmo no cimo do Parque Eduardo VII, mais concretamente no jardim Amália Rodrigues.

 

A decoração interior oscila entre a simplicidade e as obras de arte de luxo como o ‘Coração Independente’ de Joana Vasconcelos. O ambiente é tranquilo e o atendimento sóbrio e personalizado.

 

Mas como não podia deixar de ser, neste restaurante distinguido pelos óscares da gastronomia o melhor mesmo é comida.

 

O chef alemão Joachim Koerper, considerado um dos melhores cozinheiros da Península Ibérica, coloca à mesa os melhores ingredientes portugueses, confeccionados com inspiração na cozinha mediterrânica.

 

O menu executivo que experimentei incluía um prato de polvo com beldroegas (planta silvestre) e framboesas que estava ótimo, assim como a pescada e camarão com espuma de batata, alcaparras e anchovas. Contudo, o que mais gostei foi a sobremesa: cereja, macadâmia e chocolate. Além do efeito visual esplêndido, o prato dá ao paladar uma mistura de sabores e texturas de bradar aos ceús . A mousse de chocolate estava com a consistência perfeita e, apesar de não gostar muito de cerejas, adorei-as neste prato porque além de não terem caroço estavam glaceadas com uma crosta brilhante de açúcar que as tornava crocantes. Já o gelado de noz-macadâmia parece ter sido estrategicamente colocado no prato (e bem) para equilibrar os restantes sabores da sobremesa com um paladar mais suave.

 

O preço médio é de 75 euros/pessoa mas há menus com dois pratos a 28 euros, aos almoços de segunda a sexta-feira.

 

Eleven Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

 

Segue-me nas redes sociais:

Facebook | Instagram

23
Jun18

10 coisas que precisas mesmo de saber se vais ao Rock in Rio

7345591246_538455280a_b.jpg

                                                                                                                                                                       Photo by Filipe Quintanilha on Visual Hunt

O Rock in Rio 2018 já começou! Até dia 30 de junho, o Parque da Bela Vista, em Lisboa, enche-se de festivaleiros que vão assistir a concertos de nomes tão conhecidos como Muse, Bruno Mars, The Killers, Katy Perry, Anita, James e muitos outros. Tal como nas outras edições, além da música a Cidade do Rock guarda imensas surpresas para divertir o público e que fazem valer a pena os 69 euros gastos no bilhete.

 

Se és uma das mais de 300 mil pessoas que disse “Eu Vou” este ano aqui tens uma lista com 10 novidades que não podes deixar de aproveitar na edição deste ano do Rock in Rio.

 

1 - Transportes

Nunca houve tantas formas de chegar ao Rock in Rio como nesta edição. Por isso, nada de levar o carro pois vai ser impossível estacionar e não vale a pena a chatice.

  • O Metro vai funcionar, nas quatro linhas, de 6 em 6 minutos até às 3h00. A estação mais perto do festival é a da Bela Vista, na linha vermelha. A Carris vai ter várias carreiras especiais durante a noite.
  • A CP também vai ter horários especiais. A última viagem acontece às 2h40 do Oriente para Sintra e às 3h00 do Cais do Sodré para Cascais. Os bilhetes para o festival dão acesso automático às viagens. Há ainda descontos e horários especiais nos comboios da Fertagus e Rede Expressos.
  • A mytaxi tem dois tipos de descontos. O mytaximatch|Carris que permite a partilha de um táxi por dois clientes de e para o Rock in Rio, a um preço máximo de 5€/pessoa, para qualquer sítio de Lisboa e 50% de desconto para quem vem ou vai para Loures, Cascais, Odivelas, Oeiras, Amadora, Sintra, Almada, Seixal e Setúbal.
  • Há ainda descontos para festivaleitos nas motas da Cooltra e nos shuttles da CityRama (este serviço dá prioridade a famílias).
  • Além disso, pela primeira vez na história do Rock in Rio Lisboa, há um Bike Park para todas as pessoas que prefiram ir para a Cidade do Rock a pedalar.

 

2 – Aplicação para evitar filas e organizar agenda

Além de poderes organizar tudo o que queres fazer na Cidade do Rock, este ano, com a app Vodafone Rock in Rio, não vais chegar atrasado a nenhum concerto. A aplicação envia notificações minutos antes dos espetáculos que não queres perder. Mas a melhor funcionalidade desta app, na minha opinião, é a Smart Check in, ou seja, vais deixar de perder tempo nas filas para a roda gigante e para o slide.  Basta fazeres o registo, dentro da app, na atração que pretendes e no horário que desejas. A aplicação confirma a hora prevista de entrada e gera um QRCode que será utilizado no acesso à diversão selecionada.

 

3 - Pop District

É uma das principais novidades no recinto. A Pop District inclui a Super Bock Digital Stage (um palco dedicado ao mundo digital que vai reunir mais de 100 influenciadores digitais como a Bumba na Fofinha e o Windoh) e a Worten Game Ring, que vai ter competições de videojogos durante os dias do festival. Além disso, este espaço tem uma réplica de uma nave de ‘Star Wars’ e vai ser palco de antestreias mundiais e nacionais de vários filmes.

 

4 - Dino Parque

O Dino Parque da Lourinhã mudou-se para o Parque da Bela Vista durante os quatro dias do festival para mostrar aos festivaleiros várias réplicas de dinossauros em tamanho real. Além disso miúdos e graúdos vão poder fazer algumas escavações para encontrar fósseis.

 

5 – Rock Street

A Rock Street deste ano é dedicada a África e a pluralismo cultural deste continente. Aqui vão atuar músicos como Bonga e Paulo Flores mas há também espetáculos de dança e artes performativas sempre com ritmos africanos.

 

6 – Rota dos Brindes

Como sempre há brindes para todos os gostos e feitios espalhados um pouco por toda a Cidade do Rock, mas este ano podes colecionar os copos reutilizáveis do evento que vão substituir os de plástico descartáveis, uma medida tomada a pensar no meio ambiente.

 

7 – Rota Gastronómica

Este ano, além dos mais de 20 espaços de restauração e bar espalhados pelo recinte há 14 restaurantes vindos diretamente do Time Out Market (espaço de restauração do Mercado da Ribeira, no Cais do Sodré).

 

8 – Festas na piscina

O Music Valey é um dos novos palcos do evento. Tem música non-stop 14 horas por dia em todos os dias do festival. Além da programação diversa que vai contar com concertos de Carolina Deslandes, Carlão, Ana Vitória, entre outros, o dia começa com as Pool Parties animadas ao som de DJ’s portugueses.

 

9 – Revenge of the 90’s

No dia 29, a partir das 20h20, o Music Valley vai ser palco da festa da moda. O Revenge of The 90’s dá aos festivaleiros a oportunidade de voltar aos anos 90 e cantar sem medo hits das Spice Girls, Backstreet Boys, Anjos, Excesso, etc. Ah! Aproveite e encarne a personagem com um look inspirado na época.

 

10 - Marcelo Rebelo de Sousa canta com os Xutos

Outra coisa fantástica e única que vai acontecer este ano no Rock in Rio é ter o Presidente da República a cantar no Palco Mundo com a icónica banda Xutos&Pontapés. Além de Marcelo Rebelo de Sousa também Ferro Rodrigues, Francisco Louçã e Catarina Martins vão acompanhar um coro de mais de 80 pessoas que pretende homenagear a banda e Zé Pedro, que morreu o ano passado vítima de doença prolongada.

 

Segue-me nas redes sociais:

Facebook | Instagram

15
Jun18

10 sítios em Lisboa para veres os jogos de Portugal no Mundial

PT.jpg

                                                                                                                                                                                 Photo by Moranguitta on Visual Hunt

 

O Mundial de Futebol 2018, que se realiza este ano na Rússia, já começou, mas é hoje que para nós portugueses começa realmente a competição. Por isso, se ainda não sabes onde vais ver os jogos, aqui ficam 10 sítios em Lisboa onde podes festejar todas as vitórias do nosso país.

 

Terreiro do Paço - A Praça do Comércio transformou-se na Arena Portuga para receber o maior evento de futebol do mundo. Aqui há um ecrã gigante, relva e várias food trucks para que nada falte aos adeptos que vão encher este recinto nos jogos de Portugal.

 

Time Out Market - O Mercado da Ribeira, no Cais do Sodré vai assegurar a transmissão de todos os jogos do Mundial em dois ecrãs gigantes.

 

Clube Ferroviário - Os jogos do Mundial vão ser transmitidos na sala TGV do Clube Ferroviário, em Santa Apolónia. Nos intervalos e no fim dos jogos não se esqueça de subir ao terraço para desfrutar de um cocktail enquanto usufrui deste magnífico espaço com decoração tropical.

 

Village Underground Lisboa - Este espaço de Alcântara, onde a cultura e a criatividade andam sempre de mãos dadas, vai também ser palco de festa durante o Campeonato do Mundo. A transmissão dos jogos de Portugal está garantida, mas muitos mais terão aqui palco.

 

Dolce Vita Tejo – A praça central do centro comercial da Amadora Dolce Vita Tejo vai se tornar num miniestádio durante o Mundial 2018. Além das bancadas, os adeptos vão poder assistir aos jogos num dos maiores ecrãs LED permanentes na Europa. Nos jogos de Portugal há ainda música para animar o público e distribuição de brindes.

 

Quiosques da Avenida da Liberdade – De acordo com a revista Time Out, todos os quiosques da Avenida da Liberdade estão preparados para receber os fervorosos adeptos que não querem perder pitada do Mundial.

 

Fanzone de Benfica – A Junta de freguesia de Benfica criou o local ideal para ver os jogos do Mundial 2018 em família. Além do ecrã gigante, a Quinta da Granja vai ter insufláveis, matraquilhos, food court e muita animação.

 

Arraial da Voz do Operário –Se achas que bola e Santos Populares são como água e azeite, não podias estar mais enganado. Na rua da Voz do Operário, na Graça, palco de muitos arraiais durante as Festas de Lisboa, os bailaricos vão fazer uma pausa para receber, no ecrã gigante instalado na zona, os jogos do Mundial.

 

Mercado da Vila - O Mercado de Cascais também aderiu à febre do futebol que durante um mês vai afetar todo o mundo e instalou um ecrã gigante para transmitir os jogos do Mundial.

 

Quiosque do Cais do Sodré – Além de poderes desfrutar de um magnífico pôr do sol, aqui vais poder assistir aos jogos de Portugal no Mundial 2018. Hoje, 15 de junho, há ainda bailarico de Santos Populares depois do jogo.

 

Segue-me nas redes sociais:

Facebook | Instagram

10
Jun18

10 coisas que não podes mesmo perder durante os Santos Populares

Alfama2.jpg

 

O mês de junho já começou e com ele os 1001 programas dos Santos Populares que dão a Lisboa ainda mais cor nesta altura do ano. O auge da festa acontece na noite de 12 para 13 de junho, mas há animação durante todo o mês.

O ano passado falei-te aqui da história das maiores festas da capital, dei-te dicas para aproveitares as festas sem percalços e revelei-te quais os meus arraiais preferidos.

Este ano decidi fazer uma lista de 10 coisas que não podes mesmo perder durante as comemorações dos Santos Populares.

 

1) Arraiais

Tinha de começar por aqui. Quando chegam os Santos Populares qualquer um de nós pensa logo em bailaricos e cervejinha, a dificuldade é escolher um dos mais de 40 arraiais que assentam em Lisboa nesta altura do ano. Para te ajudar a escolher, selecionei alguns dos meus preferidos e as datas em que há festa em cada um deles.

  • Vila Berta: de até 16 de junho
  • Graça

        Voz do Operário: 12, 13, 15, 16, 22, 23, 29 e 30 de junho

        São Vicente: até 17 de junho

  • Alfama

        Rua de São Miguel e arredores: 12 e 13, 15 e 16, 22 e 23, 29 e 30 de junho

  • Bica

         Arraial de Santa Catarina (menos confusão): todos os dias até 17, de 20 a 24 e de 27 a 30

         Calçada da Bica Grande: de 12 a 17, de 20 a 24 e de 27 a 30

  • Grande Arraial de Benfica

      21 de junho – Quim Barreiros

      22 de junho - Matias Damásio

      23 de junho – Raquel Tavares

      24 de junho – Jorge Palma

     Clique aqui para ver a lista completa de todos os arraiais de Lisboa

 

2) Comprar um manjerico

Se há coisa que não podes deixar de fazer nesta altura é comprar um manjerico. Se tens namorado (a) compra para lhe oferecer. Se não tens, compra para atrair um futuro (e bom) amor.

 

3) Marchas Populares

Outra coisa que não podes perder é o desfile das Marchas Populares no dia 12 de junho, a partir das 21h00, na Avenida da Liberdade. Este evento realiza-se há 86 anos e é um dos momentos mais esperados das Festas de Lisboa.

 

4) Bifanas, sardinhas e farturas

Esquece a comida de garfo e faca. Nas Festas de Lisboa a sardinha é rainha assim como a bifana no pão. Se queres comer sentado o melhor é chegares cedo. No final da noite, não te esqueças de passar por uma barraquinha de farturas, diz quem sabe que ajuda a curar a ressaca.

 

5) Pride

É a 22ª edição do Arraial Lisboa Pride, uma festa dedicada ao público LGBTI, mas com entrada aberta a todos. Este arraial tem lugar no dia 23 de junho, no Terreiro do Paço e tem entrada livre.

 

6) Trezena de Santo António

Até dia 13 de Junho há uma Trezena em honra de Santo António, com música no Museu de Lisboa - Santo António e na Igreja de Santo António. Os concertos são abertos ao público e contam com nomes como Márcia, António Chainho, Marta Dias, André e Bruno Santos ou Mafalda Arnauth.

 

7) Ver as estrelas nas ruínas da Igreja do Carmo

Até ao final de junho, as ruínas da Igreja do Carmo vão receber um espetáculo de videomapping noturno. O Lisbon Under Stars é uma projeção multimédia que, aliada à música e dança, promete transformar as ruínas do Carmo numa máquina do tempo que nos transporta por mais de 600 anos da história de Lisboa. Há duas sessões por dia – uma às 21h30 e outra às 22h45 – de segunda a sábado, até dia 30 de junho. O bilhete custa 15 euros/pessoa.

 

8) Fado no Castelo

De 14 a 16 de junho o Castelo de São Jorge recebe um dos pontos altos das Festas de Lisboa: O Fado do Castelo. Carlos do Carmo, António Serrano, Carminho e Camané são algumas das vozes que vão passar por aqui para animar a malta. Os espetáculos têm entrada gratuita e começam pelas 22h00.

 

9) Revenge of the 90’s

As festas da moda chegaram aos Santos Populares e desta vez o local já é conhecido assim como o cartaz. Melhor do que isso? Desta vez é gratuito. Tudo vai acontecer no dia 12 de junho, nos jardins do Campo Pequeno. Do cartaz fazem parte nomes como o Pequeno Saúl, Ruth Marlene e os Galão com Coca. Para saberes mais é só clicar aqui 

 

10) Feira do Livro

Apesar de não estar diretamente relacionada com as Festas de Lisboa, a Feira do Livro estende-se até ao dia de Santo António. Além dos livros, o Parque Eduardo VII vai receber, até dia 13 de junho, múltiplas atividades, workshops, sessões de autógrafos, apresentações, e até food trucks. Um plano mais calmo, mas não menos divertido para fazer nesta altura do ano.

 

Segue-me nas redes sociais:

Facebook | Instagram

02
Jun18

Knock! Knock! É o pequeno-almoço da Breadfast

Breadfast.jpg

 

Se és como eu e tens preguiça de fazer o pequeno almoço vais adorar os serviços ao domicílio desta que é a refeição mais importante do dia.

 

Já te falei d’A Tigela Nova aqui e hoje vou revelar-te os serviços da Breadfast, uma startup portuguesa que entrega, desde o início do ano, pequenos almoços ao domicílio. em todo o concelho de Lisboa, entre as 7h00 e as 10h00.

 

A confeção é própria e os produtos são frescos. Para já tens seis menus disponíveis. Dois continentais (de 17.90€ e 14€) que correspondem aos pequenos almoços clássicos com café, pão e sumo de laranja, dois lights (de 19.90€ e 16.40€) com pão de sementes, barras de cereais e frutos secos e dois veggies (de 18.90€ e 15.50€) que têm leite de soja e manteiga de amendoim.

 

As encomendas devem ser feitas até às 18h00 do dia anterior através do site da Breadfast. O pagamento pode ser feito via Visa, Mastercard e American Express ou então através da criptomoedas, como a Bitcoin, a Ethereum e a Litecoin. 

 

Segue-me nas redes sociais:

Facebook | Instagram

Quem é a 'Perdida'?

Perdida nas redes

Perdida no Facebook

Perdida na Zomato

Vê a minha história gastronómica na Zomato!

Perdida pelo Instagram

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.