Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Perdida por Lisboa

A capital vista pelos olhos de uma açoriana...

Perdida por Lisboa

24
Set19

Aromas e Temperos (do Brasil e Portugal)

 

Há uns dias fui com umas amigas conhecer o Aromas e Temperos, em Arroios. A pontuação na Zomato (de 4.5 em 5) elevou-nos a expetativa… e a cozinha não desiludiu.

 

Este restaurante de fusão entre a gastronomia brasileira e portuguesa oferece-nos um samba de paladares bem diferente do que estamos habituados. Para começar aconselho o Crocante da Ilha que mistura cubos fritos de tapioca com queijo de São Jorge, acompanhados com geleia de pêra rocha com sumo de clementina e malagueta.

 

Nos pratos principais, destaco o Bobozinho de camarão (creme de mandioca, camarões salteados, arroz de côco e farofa de broa de milho) e o Bacalhau, Mandioca e Coentros com lascas de banana frita. Já para a sobremesa o meu voto vai para o Brigadeiro de chocolate com cachaça e farofa crocante. Uma delícia!

 

O staff foi sempre simpático e atencioso. Já a decoração podia sofrer umas melhorias, apesar de ser pequeno (aconselho reserva, pois só tem umas seis mesas) podia ser mais acolhedor.

 

Informações:

Preço Médio: 30 € para duas pessoas

Horário: Aberto de segunda a sábado. Do 12h00 às 14h30 e das 19h30 às 23h30.

Morada: Travessa Rebelo da Silva, nº2, Arroios

PS: Com a Zomato Gold tens um prato gratuito no Aromas e Temperos. Se ainda não tens Zomato Gold podes utilizar o meu código (PERDIDW) para teres 10% de desconto no teu plano.

 

Aromas e Temperos Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Segue-me nas redes sociais:

Facebook | Instagram

16
Jul19

Saraiva’s, um clássico moderno muito gostoso

sala.jpg

O Saraiva’s é um dos restaurantes mais emblemáticos da cidade de Lisboa. Há cerca de um ano reabriu com um novo conceito, uma sala mais fresca e uma carta que traz um toque de modernidade à sofisticação do clássico.


Há cerca de três semanas aproveitei um desconto da revista Time Out e fui, um pouco às cegas, confesso, ver e provar o que por lá fazem.


Ao chegar ao restaurante fui logo surpreendida com uma decoração lindíssima, descontraída e com muita luz. Entre o verde vivo dos azulejos, o carvalho natural, os motivos tropicais e um painel de cerâmica que fazia parte do antigo restaurante, chamou-me ainda mais a atenção um jardim horizontal com suculentas que serve de separador entre a entrada e a sala de jantar.


O staff simpatiquíssimo, sempre atento às necessidades dos clientes e pronto a esclarecer qualquer dúvida.

 

Mas vamos lá ao que realmente interessa num restaurante: a comida.

BeFunky Collage.jpg

O couvert é m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o! E marcou logo mil pontos. Uma pasta de alho francês servido com pão de folha, focaccia de banana e chips da mesma fruta. Fiquei mesmo surpreendida porque é das frutas que menos gosto, mas adorei a forma como foi introduzida nestes elementos.


Para entrada pedimos os Croquetes de Cozido com Mostarda e Mel, que estavam quentinhos e saborosos, mas ficamos curiosos com os ovos rotos, que tinham um aspeto divinal. Ficará para a próxima ;)

Já para prato principal pedimos o Bife à Saraiva’s. Apesar de estar bom, foi o que menos gostamos de toda a refeição. Os legumes estavam bem confecionados, mas a carne não estava assim tão tenrinha como devia e faltam umas batatinhas ao prato para este não ficar aquém do restante menu.


As sobremesas foram o ponto alto da nossa refeição. Eu pedi Pudim à ‘Abade Priscos’ e foi o melhor pudim que alguma vez comi e o meu namorado pediu leite creme com gelado de fruta da época. Ele, que nem é apreciador de leite creme, ficou maravilhado e eu também ;)


Informações:
Preço Médio: 40 € para duas pessoas
Horário: Aberto de segunda a sábado. Do 12h30 às 15h00 e das 19h30 às 00h00
Morada: Rua Engenheiro Canto Resende, 3, Marquês de Pombal (perto do Parque Eduardo VII e El Corte Inglés)


PS: Com a Zomato Gold tens duas bebidas gratuitas no Saraiva’s. Se ainda não tens Zomato Gold podes utilizar o meu código (PERDIDW) para teres 50% de desconto no teu plano.

 

Saraiva's Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Segue-me nas redes sociais:

Facebook | Instagram

17
Abr19

Jantar numa Varanda Azul com vista Tejo

 

O Varanda Azul, no Restelo, abriu com uma nova gerência há cerca de dois meses. Não o conheci nas mãos dos anteriores proprietários, mas uma coisa te digo: neste momento, está muito bem entregue.

 

O estabelecimento está localizado nas instalações do Estádio do Restelo e tem uma vista incrível sobre o rio Tejo e Ponte 25 de Abril. Fica a dica para, no verão, reservares uma mesa na esplanada.

 

No dia em que lá jantei chovia, por isso ficamos no interior. A decoração é simples, mas com apontamentos engraçados. O staff muito simpático e atento apresentou com preceito o menu contemporâneo e diversificado.

 

Primeiro fomos recebidos com um couvert delicioso composto por Pão&Tostas (de Mafra e de abóbora e noz), uma pasta de azeitonas e alcaparras (Tapenade Enfrascada) muito boa mesmo, uma manteiga de ervas e outra de tomate seco e ainda um azeite aromatizado.

 

 

De seguida, foi nos apresentado um dos meus pratos preferidos da refeição: O Tataki na Província de Kochi. Ou seja, um atum otimamente braseado, com sementes de sésamo e uma espécie de puré abacate muito boa.

 

Para prato principal escolhemos o T-Bone (Aroquesa DOP) com maturação de 20 dias, acompanhado de batata-frita. A carne estava suculenta e no ponto e as batatas eram caseiras (apetece-me bradar aos céus quando isto acontece… é tão raro e tão bom).

 

Para o doce final escolhemos o Crème Brulée e Aguardente de Mel e o Banana e Caramelo Salgado. Apesar de não gostar de banana, adorei esta sobremesa. O caramelo salgado, a nata e o crumble são divinais. Arrisco-me e sugerir à gerência que faça um igualzinho, mas sem fruta  

 

Informações:

Preço Médio: 45€ para duas pessoas (tem Zomato Gold)

Horário: Aberto todos os dias, menos à segunda-feira. Ao almoço o Varanda Azul está aberto do 12h30 às 15h00, já o jantar é servido das 19h30 às 23h00.

Morada: Estádio do Restelo, Avenida do Restelo, Restelo, Lisboa

 

Varanda Azul - DEaR Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

05
Nov18

Brunch delicioso e saudável? É no Go Natural

45506146_2352401594781358_7935662870677684224_n.jp

 

Falar em brunch e em alimentação saudável era para mim, até há alguns dias, como água e azeite. Não podiam andar juntos, lado a lado, unidos num espaço.

 

Mas (e obrigada Zomato), no mês de setembro, descobri que há um local onde estes dois conceitos gastronómicos não só podem caminhar ‘side by side’ como são perfeitos quando andam de mãos dadas.

 

E é isso mesmo que o primeiro restaurante Go Natural, fora de um centro comercial, nos oferece.

 

No espaço, localizado na Rua do Loreto, no Chiado, além dos pratos de almoço e jantar saudáveis, há também pequenos-almoços e brunch sem glúten, sem corantes, nem conservantes, pensado da tua saúde e servido a qualquer hora do dia, todos os dias da semana.

 

O grande destaque vai para o brunch (1.ª foto) composto por um iogurte com granola e fruta, uma tosta de abacate e ovo, um croissant de cereais com queijo, manteiga e doce, um mini muffin, um sumo funcional e ainda uma bebida quente por 11.95 euros.

 

 

Contudo, se preferires construir o teu próprio brunch também o podes fazer. Há bowls com base de açaí, iogurte ou smoothie, umas tostas de cogumelos e espinafres salteados e mostarda maravilhosas, sumos naturais e bebidas vegetais, café e chás biológicos, scones de alfarroba e ainda pão e bolos sem glúten como é o caso do bolo de cenoura e laranja com cobertura de cacau e tâmaras, que é ótimo e, o meu preferido, o bolo de iogurte com recheio de framboesa e creme de caju e lima.

 

Tal como os restaurantes dos centros comerciais, este espaço da Go Natural é clean, simples e, como o próprio nome indica, natural. Há plantas verdadeiras para observar, ou até comprar, e lugar para cerca de 30 pessoas, o que na minha opinião é muito pouco para uma zona como o Chiado. Se conseguires lugar, senta-te à janela para desfrutares devagarinho destas iguarias enquanto observas o acelerado movimento da capital.

 

A Go Natural está a pensar abrir, ainda este ano, um espaço semelhante a este na Avenida da Igreja, em Alvalade.

 

 

Go Natural Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

10
Set18

Pasta Non Basta, ou basta?

salada2.jpg

 

Há uns dias fui conhecer, a convite da Zomato, o menu de verão do restaurante italiano Pasta Non Basta de Alvalade. Mal entrei no espaço, fui surpreendida com um intenso cheiro a massa, queijo e pizza em forno de lenha que me fez ficar logo com água na boca.

 

Como o próprio nome indica, aqui não se serve apenas pasta, há também vários petiscos para começar a refeição ou para o final da tarde, assim como pizzas, risottos, saladas, pratos de peixe e de carne.

 

 

No que diz respeito à ‘Osteria’, provámos as Polpette al Sugo (almôndegas caseiras com molho de tomate, parmesão e manjericão), a Bruschetta de figos, mozarela e presunto e a Bruschetta com legumes em escabeche de prosecco com mozarela. Provamos ainda as Vongole al Forno, que são uma versão italiana das amêijoas à Bulhão Pato mas cozinhadas em forno de lenha, dentro de massa de pizza. Este prato é aberto na mesa e, quando sobra apenas o molho, é colocado esparguete que absorve o gostoso sabor das ameijôas.

 

Apesar de estar tudo muito bom, o meu destaque vai para a Burrata com pêssego e presunto pelo conjunto de sabores e texturas completamente diferente que o prato oferece (terceira imagem da fotogaleria acima).

 

 

 

Já quanto às massas é difícil selecionar apenas uma. É que são todas tão ótimas que chego a ‘colocar em causa’ o nome do restaurante. É que para mim no Pasta Non Basta, pasta basta!

 

Aconselho-te então a provar o Spaghettoni com trufa e ovo, o Penne al Pesto e Ricota e o Trofie Toscane (com espargos e salsicha).

 

Quanto às pizzas, provamos a Bresaola, com mozarela, tomate marinado, parmesão, rúcula e bresaola (carne bovina semelhante a presunto) e Diavola, com tomate, mozarella e salame picante, que foi a minha preferida. De salientar que a massa é fina e estaladiça como as verdadeiras pizzas italianas.

 

Se preferires algo mais leve, opta pela Insalata di Farro e Gamberetti. Além da frescura é super saborosa. Tem camarão salteado, abacate, espinafres, pickles de cebola rocha e farro, um cereal rico em proteínas.

 

Sobremesa1.jpg

 

Para terminar em grande, as sobremesas: há gelados, Pannacotta com compota de framboesa, Tiramisú, uma maravilhosa Mousse Alla Nutella com amendoins caramelizados e a surpreendente Crema di Mascarpone (calda de pêssego caseira, com crumble de amêndoa e mascarpone) que é a grande novidade da parte mais doce da carta de verão e que é, sem sobra de dúvida, uma ótima aposta.

 

Já quando às bebidas, optei pelo cocktail Pasta Non Basta e fui surpreendida com um ótimo cocktail com gin Beefeater, morangos, manjericão, sumo de limão, xarope de açúcar e clara de ovo.

 

sala1.jpg

 


Quanto à decoração, o espaço é confortável e informal, ideal para grupos de amigos ou famílias e tem uma esplanada bem agradável. O que mais me chamou a atenção foi a janela, mesmo à entrada, que permite ver o forno de lenha e toda a confeção das pizzas. Achei ainda o staff bastante profissional.

 

Já os preços rodam entre os 15 e os 20 euros por pessoa.

 

Se ainda não sabes, ficas agora a saber que o Pasta Non Basta nasceu em 2017 na Avenida Elias Garcia, nas Avenidas Novas, para os lados de São Sebastião. O sucesso foi tanto, que os proprietários decidiram abrir um segundo restaurante, este ano, na Rua Marquesa Alorna, mesmo junto à Avenida da Igreja. O preço médio é de 20 euros por pessoa.

 

Pasta Non Basta Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Segue-me nas redes sociais:

Facebook | Instagram

 

Quem é a 'Perdida'?

Perdida nas redes

Perdida no Facebook

Perdida na Zomato

Vê a minha história gastronómica na Zomato!

Perdida pelo Instagram

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.